19.12.14

Câmara inicia montagem da iluminação... deste Natal
VAI-SE A QUADRA DE NATAL
VIVA A QUADRA DE REIS
A cinco dias do Natal, a autarquia sampedrense iniciou a montagem da tradicional iluminação natalícia nas ruas da cidade de São Pedro do Sul. O motivo é simples. Seguindo a tradição dos nossos vizinhos espanhóis, o verdadeiro Natal é no dia de Reis e por isso vai muito a tempo. Sendo a quadra de Natal mais longa, festejar em alternativa a quadra de Reis garante desde logo uma significativa poupança em energia eléctrica. Em tempo de crise é preciso pensar em tudo e esta é uma opção de longe mais económica.

Por outro lado, evita a concorrência com a vizinha Vouzela, que se afirma como Vila Natal. E, se já temos uma Vila Natal na região, porque não São Pedro do Sul afirmar-se como Cidade dos Reis?

Haja imaginação!
Rui Costa
“Lafões: História e Património”

17.12.14

Câmara e Outeiro da Comenda prolongam braço-de-ferro para o Natal
CARTÃO DE VISITAS INÉDITO NA CIDADE TERMAL
Não seria suposto que a autarquia de São Pedro do Sul permitisse que durante semanas a cidade - dita termal - fosse anunciada na sua principal entrada por um abrigo de camionagem tipo palhota, já caído em desuso na maioria dos países africanos. É o que acontece à beira da EN16, para quem a visita a partir da cidade de Viseu ou da A24. A completar este "markting" muito à frente, um cartaz popular justifica o abrigo como a melhor solução encontrada e aguarda que a Câmara Municipal o considere provisório.

Não vai ser fácil. O braço-de-ferro de Vítor Figueiredo com a população do Outeiro da Comenda iniciou-se há um mês atrás. Numa atitude inédita, foram retirados os abrigos de camionagem, não só da referida povoação como da vizinha localidade de Arcozelo, para serem transferidos para outros pontos do concelho. Arcozelo levantou-se em peso e recuperou o seu abrigo. Outeiro da Comenda, com peso reduzido, não viu outra solução que não fosse colocar a dita palhota em jeito de desafio.

O tempo vai passando, o Natal vai chegando e a população do Outeiro da Comenda aguarda um gesto natalício do Presidente da Câmara. O que poderá estar para breve. Fala-se que Vítor Figueiredo, numa demonstração de sensibilidade ao protesto popular, vai mandar colocar na palhota uma iluminação de Natal e substituir o cartaz palavroso por um outro mais simples:
 
"FESTAS FELIZES"!
Bandeira Pinho
PASSADO E PRESENTE

15.12.14

Daniel Martins
RESPOSTA A ANTÓNIO CARLOS FIGUEIREDO: AFINAL, HAVIA OUTRO...

14.12.14

MULTIUSOS DE SANTA CRUZ DA TRAPA FOI TRAVADO
http://img.photobucket.com/albums/v333/ocaricas/Procedimento2014-E05_zpscc0cee6d.jpg
(clicar aqui para aumentar) 

Definido como grande prioridade pela Câmara de São Pedro do Sul, o projecto do pavilhão multiusos em Santa Cruz da Trapa foi encomendado há um ano pelo executivo sampedrense a um gabinete de projectos de Oliveira de Frades. O ajuste directo por 15 mil Euros foi então justificado pela urgência da obra e pelo facto dos técnicos da câmara estarem ocupados com outros projectos.

A dimensão do pavilhão criou polémica na altura. Daniel Martins, ex-líder do grupo PS na Assembleia Municipal, considerou-o, na crónica da Lafões, uma extravagância desajustada da realidade, comparando-o a um luxuoso Bugatti Veyron. O projecto avançou de imediato, mas o concurso só viria a ser lançado no mês passado. Mesmo assim, não definitivamente. O prazo para entrega de propostas foi suspenso, já que o executivo pretende reformular o projecto. Para o encolher, supõe-se. Ou, quem sabe, ao jeito de castigo a Luís Teixeira...

...para o deixar nas "encolhas"!

11.12.14

VOUZELA CRIA PARQUE NATURAL DE GESTÃO LOCAL 

A Câmara Municipal de Vouzela vai avançar com a criação de um parque de gestão local que irá abranger as áreas naturais e patrimoniais do concelho, envolvendo as margens do rio Vouga e a serra do Caramulo. O projecto já se encontra em fase de discussão pública e irá ter um conselho consultivo e uma comissão directiva que assegurarão a gestão desta área protegida.

É o primeiro parque do género em Portugal e talvez no mundo. Uma invenção de Rui Ladeira, fruto, quem sabe, de um momento de inspiração natural. Ideias não faltam ao autarca vouzelense. O certo é que este projecto de protecção do património vouzelense poderá beneficiar também São Pedro do Sul.

Basta que Ladeira não deixe de fora a vitela de Manhouce e o Vinho Branco de Vila Maior.
António Carlos Figueiredo
O BRINDE E A FAVA NO BOLO-REI DE DANIEL MARTINS

9.12.14

Ninguém pára... São Pedro do Sul
CÂMARA PREVÊ OBRAS NO CONCELHO DE VOUZELA
Longe vai o tempo em que as dificuldades financeiras da Câmara de São Pedro do Sul impediam Vítor Figueiredo de oferecer uma coroa de flores, ou de adquirir uma simples bateria automóvel. A fome deu em fartura e trouxe à tona o espírito mais filantropo do autarca. A fazer fé na acta aprovada na primeira reunião de Novembro do executivo, a estrada de ligação Termas-Vouzela vai integrar o plano do município sampedrense para 2015. Surpreendentemente, ou nem por isso, a obra proposta situa-se no concelho de Vouzela.

É o intermunicipalismo levado ao extremo. Consta nesta acta que os vereadores do PSD consideram importante "que esteja prevista nos documentos previsionais a estrada Termas-Vouzela". E se a referida estrada a partir da variante das Termas se situa toda no concelho de Vouzela...

...digam lá se o Presidente Ladeira não nasceu com o dito virado para a lua!
António Ferreira Gomes
VENDER E COMPRAR PATRIMÓNIO

Daniel Martins
SANEAMENTO BÁSICO

3.12.14

Juntas de Freguesia PS descontentes com prioridades da Câmara
PAVILHÃO MULTIUSOS E SANEAMENTO AVANÇAM PARA SANTA CRUZ DA TRAPA

Dizia em tempos um cronista da Lafões que "quem não berra, não mama". Luís Teixeira é a prova provada de que o refrão não passou à história. Após um ano de guerra (pouco) surda com o executivo de Vítor Figueiredo, o Presidente da Junta de Santa Cruz da Trapa acabou por tomar a frente aos concorrentes, na corrida ás obras camarárias. Os primeiros concursos com significado financeiro lançados pela autarquia de São Pedro do Sul fora da sede, acabaram por contemplar Santa Cruz da Trapa. Neles se inclui o pavilhão multiusos e o saneamento em Vila Nova.

Um privilégio de fundos disponíveis que não agradou a alguns presidentes de junta eleitos pelo PS. Habituados ao chuto para o canto dos fundos indisponíveis, sentem-se injustiçados e desconfiam mesmo das recentes visitas do Presidente da Câmara a Juntas de Freguesia PSD.

Seja como for, e políticas à parte, o certo é que ninguém suponha que o peru de Natal de Vítor Figueiredo fosse precisamente para Luís Teixeira.

...Nem o próprio estaria à espera!
Bandeira Pinho
VALHA-TE UM BURRO AOS COICES!

António Ferreira Gomes
SÃO PEDRO DO SUL NOS CENTROS DE DECISÃO

30.11.14

Proprietários procuram investidores e já haverá  promotores interessados
ARMAZÉM DISCOMER PODERÁ SER CONVERTIDO EM PRÉDIO HABITACIONAL
 


A Discomer é uma empresa de distribuição alimentar nascida da fusão de vários armazenistas de São Pedro do Sul, na década de oitenta. Este tipo de comércio conheceu grandes dias, mas a concorrência das grandes superfícies acabou por ser fatal e a decadência foi acontecendo um pouco por todo o lado.

A ligação da Av. Sá Carneiro à estrada 227, com conclusão prevista para o final deste ano, veio abrir uma janela de oportunidade para a transformação da maior superfície coberta da cidade em edifícios de habitação e comércio. Já haverá até promotores interessados.

A luz verde para a alteração poderá ter nascido no processo de negociação dos terrenos com a Câmara Municipal. A concretizar-se, será um enorme salto no crescimento urbanístico daquela zona da cidade.

Resta saber se os 100 estacionamentos previstos no local serão suficientes para as necessidades de tamanho  empreendimento.

26.11.14

Reunião Pública Quente na Câmara de São Pedro do Sul

"Bomba" de combustíveis na avenida regressa 8 anos depois
PSD ACERTA BATERIAS
PS ALTERA POSIÇÃO
 
Esteve aprovada pelo vereador do urbanismo da Câmara de São Pedro do Sul, em 2006, e de imediato chumbada na  reunião de Câmara pelo PSD e PS. Com o novo executivo, o vereador Francisco Matos regressou ao pelouro e os proprietários à carga. Pedem uma indemnização superior a 300 mil Euros pela não autorização do posto de combustíveis.

Ao contrário da antiga minoria PS na Câmara, que votou o chumbo da instalação do posto combustíveis, a actual maioria "acompanha" a pretensão dos proprietários e pretende apurar junto do Ministério Público se há ilegalidades nos fundamentos da anterior decisão. O PSD mantém a posição e acusa o PS de se preocupar mais com a pretensão do privado do que com a defesa do interesse público, o que pretende ver igualmente esclarecido junto do Ministério Público. O vereador Adriano Azevedo e o ex-Presidente António Carlos Figueiredo, em separado, mas numa conjugação inédita,  vieram a público dar a cara em defesa da decisão do anterior executivo, pondo em causa os intuitos da actual maioria.

...a coisa promete!
Bandeira Pinho
NÃO BASTA SER SÉRIO