19.9.17

VÍTOR FIGUEIREDO RECUSA 
DAR CUMPRIMENTO À DETERMINAÇÃO DA CNE

A Comissão Nacional de Eleições notificou Vítor Figueiredo na semana passada para, no prazo de 24 horas, proceder à eliminação no Faceboook da câmara municipal das publicações que aí constam e que configuram propaganda politica. A notificação abrange o período de campanha e de pré-campanha eleitoral. Não o fazendo, incorre no crime de desobediência punido pelo código penal. Tal proibição destina-se a garantir a igualdade de oportunidades entre as diversas forças concorrentes, proibindo o aproveitamento dos meios do município para propaganda partidária.

A  decisão não foi cumprida durante a pré-campanha e, tudo indica, não o será durante a campanha que agora se inicia. Inúmeras publicações proibidas por lei continuavam activas nesta data na página oficial do município como se constata, a título de exemplo, nos links abaixo. O facto das deliberações da CNE possibilitarem recurso para o Tribunal Constitucional permite que a obrigação de manter a imparcialidade no uso dos meios do município produza efeitos... após as eleições. 

17.9.17

Metade das juntas do concelho terão, pela certa, novos presidentes
BARALHAR E DAR DE NOVO
PROVOCA LUTA RENHIDA


Metade das juntas de freguesia de São Pedro do Sul vão ter um novo presidente a partir do próximo dia 1. Apenas numa por limitação de mandatos (São Félix) e as restantes por opção política. Mas, nos presidentes instalados, também há quem corra riscos.

São Pedro do Sul, Santa Cruz da Trapa, Serrazes, São Félix, Pinho, Pindelo dos Milagres e Vila Maior são sete juntas que, pela certa, terão um novo presidente. Também por isso, são precisamente aquelas onde a luta é mais intensa e o resultado mais incerto. Duas são PSD e cinco PS, sendo, por este facto, este último partido o que mais tem a perder. O que não significa que, no saldo final, não possa vir a ser o mais beneficiado. Ainda assim, naturalmente, é o que corre mais riscos.

A luta mais acesa verifica-se na União de Freguesias de São Pedro do Sul, Várzea e Baiões. O PSD apostou na popularidade de António Cardoso e o PS na candidatura de João Heitor, que integra o actual executivo. Ambos os partidos sabem que este é o palco onde tudo se decide. Habitualmente, estas freguesias contribuem com quase um terço dos votos em urna. Uma vitória na votação para a junta aumenta a probabilidade de vitória para a câmara. E vice-versa.

Uma coisa é certa: o partido que ganhar a votação para a câmara nestas freguesias ganhará a presidência. O que deixa tudo em aberto, transformando esta união de freguesias no palco de todas as lutas.

Se é que a tradição ainda é o que era.

13.9.17


Transferência da rede domiciliária de água para a Câmara Municipal
NEM ÁGUA NEM PETRÓLEO
"SHEIKS" ACABAM A CHUCHAR NO DEDO

A transferência da rede de abastecimento de água das juntas para a câmara municipal, em 2015, augurava milhões em obras e contrapartidas para as Juntas de Freguesia de Santa Cruz da Trapa, Sul e Carvalhais. O contrato previa mesmo uma indemnização no montante do investimento acordado, caso o acordo não fosse cumprido por parte da câmara.

Os contratos aprovados pela assembleia municipal mereceram, na altura, os protestos dos Presidentes de São Pedro do Sul e Pinho, em contraste com o sorriso dos visados. Paulino Almeida falou de autêntico euromilhões para as juntas em causa e José Mota da descoberta de poços de petróleo.

O certo é que o mandato chega ao fim e o investimento prometido de milhões continua fechado na quinta gaveta, a contar vindo do céu. Para sossego de Paulino Almeida e José Mota, que por certo não esconderão eles agora um sorriso irónico.

Afinal quem ri por último, ri sempre melhor!

10.9.17

Daniel Martins a abrir, João Pinheiro a fechar e Vítor Figueiredo a meio
ENTREVISTAS E DEBATE NA LAFÕES
JÁ TÊM DATA MARCADA

As entrevistas na Rádio Lafões aos candidatos à Câmara de São Pedro do Sul realizam-se nos próximos dias 25, 26 e 27 de Setembro. Daniel Martins (PSD) será o primeiro, Vítor Figueiredo (PS) o segundo e João Pinheiro (CDU) o último. O debate entre os três realizar-se-à no dia 28, pelas 17 horas. A VFM, em Vouzela, também irá organizar uma série de entrevistas e um debate no dia 25.

As desigualdades de meios financeiros de campanha entre PS, por um lado, e PSD e CDU, pelo outro, obrigam os últimos a apostar forte nos momentos radiofónicos, colocando todas as expectativas principalmente nos debates, uns dos pontos mais altos da campanha.


Os debates, que pela primeira vez contarão apenas com três candidatos, irão permitir uma maior intervenção e troca de argumentos entre eles, podendo influenciar ainda mais o juízo final dos eleitores. A expectativa é grande e, tendo em conta o "feitio" dos três intervenientes, a curiosidade ainda maior.


A uma semana do início da campanha, e a três das eleições, o prognóstico mantém-se reservado.

7.9.17

População do Concelho de Vouzela baixa dos 10 mil
e Câmara passa de 7 para 5 Vereadores
FORAM-ME AO BOLSO

A população do concelho de Vouzela baixou a fasquia dos 10 mil eleitores e o executivo camarário perdeu 2 vereadores. Dos concelhos de Lafões, São Pedro do Sul mantém os 7 e Vouzela acompanha Oliveira de Frades com 5.

Para a população deste concelho as consequências serão nulas. Mais dois ou menos dois vereadores nas reuniões de Câmara não trazem nem levam felicidade e, muito menos, alteram as condições de vida dos munícipes. Com a excepção de um deles. Precisamente o Presidente de Câmara. Ao baixar para 5 vereadores, o líder sofre um corte de 5% no ordenado.

Moral da história: uma perda para o executivo resulta num ganho para o orçamento camarário.

2.9.17

Vítor Figueiredo exclui Daniel Martins do passeio à Quinta da Malafaia
QUEM NÃO TEM CÃO
CAÇA COM GATO
É já terça-feira o badalado passeio organizado pela Câmara Municipal de São Pedro do Sul à Quinta da Malafaia. Uma promessa de Vítor Figueiredo, solenemente anunciada em Junho, aquando do passeio a Fátima e à Nazaré. E, quando se trata de passeio, as promessas são para cumprir, religiosamente, muito mais quando inclui uma passagem pelo Bom Jesus de Braga e se realiza a um mês das eleições.

E porque as campanhas estão no terreno, Daniel Martins solicitou a Vítor Figueiredo a reserva de um lugarzito no autocarro Presidencial, para juntos acompanharem os eleitores em franco e salutar convívio. E, quem sabe até, sendo ambos candidatos, subirem de braço dado as escadarias do Bom Jesus,  com a promessa de lá voltar em caso de vitória e repetir o feito, desta feita, de joelhos. Mais tarde, na Quinta da Malafaia, poderiam mesmo discutir o futuro gastronómico do concelho, à roda de umas sardinhas com broa e uma perna de frango de churrasco, à mistura com o verde da região.

Só que Vítor Figueiredo recusou de pronto. O candidato do PSD não cumpre nenhum dos três requisitos: não tem idade suficiente, não é Presidente, nem faz parte do staff presidencial. 

Daniel Martins não se deu por vencido. E promete acompanhar a coluna de autocarros... de bicicleta. Sendo fervoroso praticante de ciclo-turismo, promete pedalada suficiente para tomar a dianteira e receber Vítor Figueiredo do alto do Bom Jesus em Braga.

Resta saber, lá do alto, qual deles verá a Câmara por um canudo.

Daqui a um mês teremos a resposta!

30.8.17

Daniel Martins "arrasa" gestão das Termas de São Pedro do Sul
TERMAS MAIS PROCURADAS DO PAÍS
CAÍRAM PARA TERCEIRO EM 2016

A notícia caiu como uma bomba na conferência de imprensa promovida pelo candidato do PSD à Câmara Municipal. Daniel Martins socorreu-se dos dados da DGEG, referentes a 2016, para informar que a frequência termal havia caído para o terceiro lugar no ranking das termas nacionais.

O primeiro lugar é agora ocupado pelas Termas de Monchique. Facto que não deixa de ser estranho se tivermos em conta que a frequência de São Pedro do Sul representava, há décadas, quase um terço da população termal do país.

Daniel Martins acusa Vítor Figueiredo de ter prometido as melhores termas da Europa e, passados quatro anos, as ter deixado cair para o terceiro lugar nacional, permitindo um prejuízo de 380 mil Euros.

Também na geotermia, de acordo com os mesmos dados, São Pedro do Sul ocupa o último lugar das cinco termas que exploram esta energia. Pior, só mesmo o facto de ao crescimento turístico de 7% na zona centro São Pedro do Sul ter acompanhado com uma quebra de 4%.

A campanha promete!

28.8.17

Câmara de São Pedro do Sul
PS E PSD ENCOMENDAM SONDAGENS 
A DIVULGAR EM SETEMBRO
Daniel Martins e Vítor Figueiredo

Da euforia do 5-2 à preocupação de vitória vai um "passito". Umas vezes suave, outras "suavecito". Que o diga Vítor Figueiredo que, por via das dúvidas, prepara uma sondagem para a segunda semana de Setembro. Também Daniel Martins vai avançar pelo mesmo caminho, mas, fala-se, já no início do mês. 

A percepção de ambos os partidos sobre o possível resultado de 1 de Outubro tem vindo a alterar-se com o desenrolar da pré-campanha. O PS acredita cada vez menos numa vitória folgada e o PSD acredita cada vez mais na possibilidade de vitória. 

É normal que, em campanha, o de cima baixe e o debaixo cresça. Contudo, para tal, é necessário que os meios de disputa sejam idênticos durante a campanha, o que para já não parece acontecer.  

Mas faltam ainda duas semanas para o início oficial.

25.8.17

PSD apresenta domingo candidatos à Junta de São Pedro do Sul
DANIEL MARTINS APOSTA FORTE
NA UNIÃO DE FREGUESIAS DA CIDADE

Daniel Martins e Toni Cardoso

Vítor Figueiredo está confiante que tem o domínio da União de Freguesias de São Pedro do Sul. Pelo menos, na votação para a Câmara Municipal. Daniel Martins acredita que ganhando esta junta terá, por contágio, vitória idêntica para a Câmara Municipal. Daí a forte aposta na apresentação pública da candidatura à Junta de São Pedro do Sul, com a tradicional oferta de lanche. 

É que o PSD está convencido que a aposta em Toni Cardoso é a grande oportunidade para recuperar uma junta que lhe escapa há duas décadas. E, mais importante, que essa candidatura irá catapultar a vitória de Daniel Martins nestas freguesias que representam mais de um terço da votação e, como consequência, a vitória no concelho.

Uma questão de fé. O certo é que o histórico demonstra que ninguém conquista a Câmara sem ganhar na sede do concelho.

24.8.17

Sorteio das listas autárquicas
O BOLETIM MAIS CURTO DE SEMPRE
"PRENDA" CDU COM PRIMEIRO LUGAR 

Realizou-se ontem, no tribunal de Viseu, o sorteio da posição dos partidos nos boletins de voto para as próximas autárquicas de Outubro, valendo para todo o distrito. É a primeira vez que tal acontece.

Para São Pedro do Sul, os boletins mais curtos de sempre contemplam apenas três partidos para a Câmara e Assembleia Municipal. Com excepção da de São Pedro do Sul, as freguesias contam só com dois partidos: PS e PSD.

Um sorteio agradável para as três forças partidárias, acreditando na sabedoria popular: para a CDU, candeia que vai à frente alumia duas vezes; para o PS, a virtude está no meio; para o PSD, os últimos serão os primeiros. 

No dia 1 de Outubro prevalecerá um outro ditado: o povo é quem mais ordena.

Esperamos bem que sim! 

NOTA: Informa-nos o Mandatário Distrital da CDU, Manuel Guedelha, que esta coligação (CDU) apresentou candidaturas às Assembleias de Freguesia de:
Figueiredo de Alva;
Pinho;
União das Freguesias de São Pedro do Sul, Várzea e Baiões;
União das Freguesias de Santa Cruz da Trapa e São Cristóvão de Lafões;
Vila Maior.

22.8.17

Socialistas de São Pedro do Sul apostam forte na campanha
ORÇAMENTO DO PS SAMPEDRENSE
PRÓXIMO DOS SETENTA MIL EUROS

O actual Presidente Vítor Figueiredo prepara uma campanha em grande na corrida à Câmara de São Pedro do Sul. O orçamento da campanha é o dobro dos do PS de Oliveira de Frades e Vouzela juntos. No que se refere aos restantes candidatos sampedrenses, representa mais do triplo do valor de Daniel Martins, pelo PSD, e quase sete vezes o de João Pinheiro, pela CDU. As diferenças já se tinham notado, mas, pelos números apresentados, irão ser mais notórias na recta final. 

Se é verdade que os candidatos não se medem aos palmos, não é menos verdade que não se medem pelos orçamentos de campanha. Mas lá que dá um grande jeito... isso dá!

21.8.17

PEDRO MAURÍCIO E VÍTOR FIGUEIREDO
EM ROTA DE COLISÃO "AQUÁTICA"
José Pedro Maurício e Vítor Figueiredo

Setecentos e cinquenta mil Euros de investimento, em 12 povoações da freguesia, foi o preço negociado entre a Câmara e a Junta de Freguesia de Sul, em 2015, para a entrega da rede domiciliária da água. Até ao final do mandato. Mais cinco mil Euros mensais para proceder às reparações da rede.

A menos de dois meses das eleições, o protocolo foi cumprido em duas povoações e, ainda assim, parcialmente. Pedro Maurício não se ficou e publicou os dados em Boletim Informativo destinado aos fregueses de Sul. Vítor Figueiredo não gostou e tratou de responsabilizar Pedro Maurício pela falta de limpeza das ruas na freguesia. Argumentou com a transferência dos cinco mil Euros mensais. Pedro Maurício garante que, de acordo com o protocolo, a verba destina-se à manutenção da rede domiciliária de água e não à limpeza das ruas, que é da responsabilidade da Câmara Municipal.

A luta promete. Como diz o hino benfiquista... até debaixo de água!

18.8.17

A mês e meio das eleições em São Pedro do Sul
CANDIDATOS DIVIDEM AS FREGUESIAS
MAS DÚVIDAS SUPERAM AS CERTEZAS

Vítor Figueiredo partiu em vantagem para a campanha autárquica, aproveitando naturalmente as virtualidades do poder. Incluindo a dos meios financeiros. Daniel Martins fez-se à estrada com as dificuldades próprias de quem luta do lado de fora da "cerca". As diferenças ficaram patentes nos panfletos de apresentação enviados ao domicilio e, por coincidência, distribuídos no mesmo dia. Os de Vítor Figueiredo em papel couchê, os de Daniel Martins em papel de meia grama.

Após dois meses de "campanha", Vítor Figueiredo perdeu terreno com algumas trapalhadas na constituição das listas às freguesias. Daniel Martins aproveitou bem e superou neste campo as melhores expectativas. Pelo contrário, na lista candidata à Câmara não surpreendeu como era esperado. 

O facto de Daniel Martins possuir bons candidatos às juntas de freguesia, e ter já apresentado publicamente algumas propostas arrojadas para o futuro, veio equilibrar a luta e abrir expectativas. Manhouce, Figueiredo de Alva e Vila Maior irão cair, com toda a probabilidade, para Vítor Figueiredo. Valadares, Carvalhais e Sul para Daniel Martins. Independentemente dos resultados para as Juntas.

Quanto às restantes tudo pode acontecer, pese embora alguma vantagem natural do Presidente. Vamos indo e vamos vendo!

15.8.17

Daniel Martins assume ruptura
MUDANÇA DE EXECUTIVO IMPLICARÁ
MUDANÇA NA GESTÃO TERMAL
Vítor Leal e José Sousa

Em reunião com a comissão política do PSD e elementos da Assembleia Municipal, realizada há cerca de um mês, Daniel Martins assumiu perante os presentes que uma das primeiras medidas que tomará, caso seja eleito Presidente da Câmara Municipal de São Pedro do Sul, será a alteração do actual modelo de gestão termal e a substituição dos actuais administradores da Termalistur: Vítor Leal, Fernando Aido e a vereadora Teresa Sobrinho.

Até aqui nada de novo, dado que os membros do conselho de administração da empresa municipal cessam funções com a tomada de posse do novo executivo. A grande curiosidade, no caso de vitória de Daniel Martins, reside na confirmação, ou não, do badalado regresso de José Sousa à presidência da Termalistur. E mais ainda, a acontecer, se tal será anunciado antes ou depois das eleições. 

No caso de continuação do actual executivo a questão está mais que ultrapassada. Vítor Leal e restante equipa irão manter-se à frente das Termas... Obviamente!

12.8.17

Rede de abastecimento ameaça ruptura
TERMAS DE SÃO PEDRO DO SUL
EM MÍNGUA DE ÁGUA FRIA
Represa para captação de água no Rio Vouga, Termas de São Pedro do Sul

A situação é já dramática e agrava-se a cada dia que passa. A captação no rio Vouga, à entrada das Termas de São Pedro do Sul, abastece de água a rede pública que serve toda a localidade. O caudal do rio tem vindo a baixar drasticamente nos últimos dias, o que forçou a autarquia a improvisar uma represa junto à captação.

A solução tem permitido estancar o máximo de água possível, levando praticamente ao desaparecimento do rio no interior das Termas. Uma situação que põe em causa, por outro lado, o sistema de arrefecimento da água termal. 

Ainda assim, a água represada é cada dia que passa mais débil em quantidade e qualidade, podendo mesmo vir a tornar-se imprópria para consumo caso a situação de seca se agrave nos próximos dias. Resta a pressão da autarquia junto das hídricas para que abram "os cordões às barragens", ou então... valha-nos São Pedro!

10.8.17

Bloco e PP "ficam em casa"
PELA PRIMEIRA VEZ EM 40 ANOS
SÓ HÁ TRÊS CANDIDATOS À CÂMARA
Vítor Figueiredo (PS), Daniel Martins (PSD) e João Pinheiro (CDU)

Daniel Martins, pelo PSD, e João Pinheiro, pela CDU, serão os únicos opositores ao actual Presidente Vítor Figueiredo que se recandidata pelo PS nas autárquicas de Outubro. Nunca tal havia acontecido na corrida à Câmara de São Pedro do Sul. Nas últimas eleições, em 2013, foram cinco os candidatos.

O Bloco de Esquerda afastou os dirigentes locais e ficou descalço. Há quem entenda que o facto foi intencional com propósito bem medido: dar cobertura eleitoral a Vítor Figueiredo. Diferente terá sido a motivação do Partido Popular. Hélder Amaral, responsável distrital do partido, não encontrou interlocutor em São Pedro do Sul. Até porque, o último responsável local, António Martins, é irmão do actual candidato PSD.

Quem beneficiará com o facto? É ainda cedo para perceber...

7.8.17

Entrega das listas confirma informação adiantada pel'o caricas

Vítor Figueiredo, Pedro Mouro, Teresa Sobrinho e Francisco Matos
Daniel Martins, José Tavares, Daniela Sousa e Luís Martins


LUTA ACESA NAS FREGUESIAS
PS E PSD "VÃO A TODAS"

Cabeças de lista às Assembleias de Freguesia
Bordonhos: José Luís Morujão (PSD) -  Artur Cruz (PS)
Carvalhais e Candal: José Carlos Almeida (PSD) - Emanuel Pereira (PS) 
Figueiredo de Alva: Vítor Loureiro (PS) - Mário Oliveira (PSD)
Manhouce: Carlos Laranjeira (PS) - Custódio Barbosa (PSD)
Pindelo dos Milagres: António Rolo (PS) - João de Carvalho (PSD) 
Pinho: António Pereira (PSD) - Rui Carvalho (PS)
Santa Cruz da Trapa e São Cristovão de Lafões: Celso Almeida (PS) -  Luís Filipe Ferreira (PSD) 
São Félix: Martinho Potêncio (PS) - Luis Figueiral (PSD) 
São Martinho das Moitas e Covas do Rio: José Martins (PS) - Gil Dias (PSD) 
São Pedro do Sul, Várzea e Baiões: António Cardoso (PSD) - João Heitor (PS)
Serrazes: José Fernandes (PSD) - Armando Pereira (PS)

Sul: Pedro Maurício (PSD) - Luís Barros (PS)
Valadares: Pedro Soares (PSD) - Clara Vasconcelos (PS)
Vila Maior: Rogério Pinto (PSD) - Paulo Lima (PS)

5.8.17

Daniel Martins encerra lista PSD à CM
JOSÉ TAVARES, DANIELA SOUSA E LUÍS MARTINS COMPLETAM QUARTETO
Daniel Martins, José Tavares, Daniela Sousa e Luís Martins
A 24h da apresentação pública das listas PSD, já são conhecidos os quatro primeiros candidatos do partido à Câmara Municipal de São Pedro do Sul nas autárquicas de Outubro. A lista encabeçada por Daniel Martins terá José Tavares como segundo elemento, seguindo-se Daniela Sousa e Luís Martins.

José Tavares é professor, natural de Valadares e director do jornal local "Ecos da Gravia". Daniela Sousa é técnica de acção social e é natural da cidade de São Pedro do Sul. Luís Martins é natural de Sul, bancário de profissão e exerce funções na agência do BPI na cidade.